fbpx

Fatores que afetam a saúde da nossa pele

Independente de qual a idade ou tipo de pele, os cuidados do dia a dia são práticas indispensáveis para manter o vigor, a saúde e a beleza da cútis. Quando saudável, a pele protege nosso corpo contra vírus e bactérias, regula a temperatura e tem um aspecto suave e bem hidratado.

Existem ajustes que podem ser feitos no dia a dia que contribuem muito para a saúde e aparência da pele. Confira a seguir:

1. Reduzir os alimentos processados e açucarados
Alimentos ricos em farinha branca refinada (carboidrato simples) ou açúcar provocam aumento de insulina no sangue e, consequentemente, estimulam a produção de hormônios andróginos. Esses hormônios são responsáveis pelo aumento da produção de glândulas sebáceas que desencadeiam o aparecimento de cravos e espinhas.

2. Corrigir desequilíbrio intestinal
Segundo especialistas, há um eixo direto entre pele e intestino, que faz com que a acne apareça. Portanto, uma alimentação balanceada resulta em um intestino regular, e a consequência é uma pele mais bonita e saudável.

3. Otimizar o estado dos nutrientes
Vários estudos têm demonstrado a importância de determinados micronutrientes (minerais e as vitaminas) na manutenção da integridade e capacidade de reparação da pele.

As vitaminas A, E, C, D, os carotenoides, os oligoelementos (selênio, zinco, cobre, magnésio), os ácidos graxos ômega 6 e 3, e os polifenóis são exemplos de micronutrientes que contribuem de forma positiva na proteção contra a radiação ultravioleta, cicatrização, síntese de melanina, regulação do crescimento e diferenciação celulares, resposta anti-inflamatória, e no antienvelhecimento.

4. Fazer exercícios regularmente
Enquanto o sedentarismo é um dos fatores de aceleração do envelhecimento precoce, a prática regular de exercícios físicos traz inúmeros benefícios para o organismo, inclusive para a pele. A realização de atividades físicas não só melhora a circulação sanguínea na pele, como também combate a flacidez da cútis.

5. Ter uma boa noite de sono
Não dormir o suficiente também afeta a saúde da cútis, pois pode prejudicar mais facilmente a produção de colágeno, proteína responsável por melhorar a estrutura, a firmeza e a elasticidade da pele. Além disso, enquanto dormimos, os níveis de cortisol, hormônio encarregado pelo estresse, reduzem para que a pele se renove. Altos níveis
desse hormônio no seu corpo podem ocasionar problemas como acne e envelhecimento precoce.

6. Beber bastante água
O papel da ingestão de água é o de limpar o organismo, fazendo uma espécie de faxina interna. Seu consumo adequado colabora com a circulação sanguínea, com a absorção das vitaminas C e B e ajuda no funcionamento do intestino e dos rins. Além disso, aumenta o fluxo de oxigênio, elimina toxinas e, consequentemente, aumenta a imunidade.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

©2022 Tegum. Todos os direitos reservados.

Contato

Nos envie um e-mail e entraremos em contato o mais rápido possível.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?